Catequese de Adultos

Catequese de Adultos

Download do Programa

A Catequese de Adultos é uma catequese original que é profundamente diferente da catequese das crianças e dos adolescentes. Os adultos recusam regressar à escola para aprender umas noções. Para eles, mais do que «saber» e «aprender», é preciso «experimentar», «conversar», «viver» e nunca se vive o suficiente, há sempre aspectos a rever, confrontos a fazer, realidades a converter. Porque a fé é dinâmica, ou se alimenta ou se perde. Para aprofundar a fé ou para a recuperar é preciso um processo de conversão.

A catequese de adultos, iniciação ou reiniciação à vida cristã, vai permitir este processo de conversão. O caminho da conversão estrutura-se em três etapas, conforme o «momento» que cada adulto está a viver (cf. C.T. § 18)

  • É acção missionária para os não crentes, anúncio do kerigma, revelação primeira de Jesus Cristo Senhor? Catequese de iniciação;
  • É acção catequética para os que já aceitaram o Evangelho e querem aprofundar a sua fé e o seu compromisso cristão? Catequese de aprofundamento;
  • É acção pastoral, para os que já estão amadurecidos na fé e desejam continuar a confrontar-se com a sua fé na vida de todos os dias? Catequese permanente.

Em qualquer destes momentos, os cristãos adultos devem iniciar-se ou reiniciar-se na vida cristã. Será mais fácil depois a coerência indispensável na vida familiar, profissional e social. É que o ser cristão é muito mais do que ser religioso. E pode ser-se religioso, sem se ser cristão. A catequese continuada é uma exigência da fé vivida.

A catequese de adultos inspira-se no processo catecumenal vivido pelos cristãos das primitivas comunidades da igreja. É um processo reconhecido como fundamental pelo RICA? Ritual da Iniciação Cristã dos Adultos.

O Processo Catecumenal é vivido «por aqueles adultos que, depois de terem escutado o anúncio do mistério de Cristo, movidos pelo Espírito Santo que lhes abre o coração, consciente e livremente, buscam o Deus vivo e tomam o caminho da fé e da conversão» (RICA. § 1). Eles vão sendo espiritualmente ajudados na sua formação por um catequista, que lhes dá o seu testemunho, e pela comunidade cristã que, no pequeno grupo, os ajuda nas experiências da fé e da caridade.

Este processo catecumenal supõe «um princípio de fé (adesão à pessoa de Cristo), um começo de conversão e uma primeira vontade de mudar de vida e de estabelecer relações pessoais com Deus em Cristo e, consequentemente, um primeiro sentido de penitência, a prática incipiente de invocar a Deus e de orar e, ainda, uma experiência de vida comunitária e do espírito cristão» (RICA. §15).

Os critérios de Catequese de Adultos estão definidos: «A fé do Adulto deve ser continuadamente iluminada, desenvolvida e protegida, para adquirir a sabedoria cristã que dá sentido, unidade e esperança às múltiplas experiências da sua vida pessoal, social e espiritual» (D.G.C. 173).

A Catequese de Adultos deve então ter sempre em conta:

  • O adulto na sua situação concreta;
  • A sua condição de leigo, com a «gestão das coisas temporais» (L. G. §31) e a vocação à santidade (C.F.L. §57/59);
  • O envolvimento da comunidade cristã, lugar de acolhimento e de apoio constante;
  • Um projecto orgânico de pastoral dos adultos, onde a catequese se insere, sem esquecer a celebração litúrgica e o exercício da caridade;

A pedagogia da educação dos adultos, semelhante à da alfabetização dos adultos (cf. Paulo Freire) e de toda a aprendizagem num processo de formação permanente.

A catequese de adultos tem funções específicas que, quando estão no horizonte do catequista e da comunidade que é em concreto o pequeno grupo, facilitam o crescimento na fé e na prática cristã. Funções da Catequese dos Adultos são:

  • Um certo apoio espiritual e moral e, ainda, de referência doutrinal e prática: o adulto sente a necessidade de se confirmar na fé, de se estruturar com a doutrina da Igreja para poder enfrentar um mundo sem valores cristãos e para entrar na acção apostólica para a qual ainda não se sente preparado.
  • A dimensão pascal que permite a constante passagem da morte à vida; a catequese de adultos é o auxílio eficaz na transformação que sentem operar-se na sua vida e pela sua intervenção.
  • A maturação pessoal e a evangelização em ordem às grandes opções de vida que, como cristãos, os adultos têm de fazer constantemente; é o desafio a recomeçar uma vida de fé e de compromisso cristão que os leva a perderem o medo de se afirmar cristãos e de ajudar outros a descobrirem, também, a pessoa de Jesus Cristo Salvador.

Assim sendo, a catequese de adultos exige uma nova linguagem que todos entendam e que se adapte aos parâmetros dos nossos contemporâneos, e exige também uma actualização permanente para que resulte claro que a Revelação é de hoje e é de sempre.

A metodologia num grupo de adultos

A metodologia catequética encontra, nos adultos, dificuldades ainda não reflectidas e, muito menos, superadas. Parte-se quase sempre de uma concepção do adulto mais ligada ao campo dos princípios, das verdades ou da moral, do que ao campo do funcionamento psicológico da inteligência. É urgente perguntar: Como funciona a inteligência do adulto? Como é que o adulto aprende? Como se forma e se transforma? Estas questões levantadas por Paulo Freire obrigam à descoberta de uma metodologia própria.

Quando se não tem tudo em conta, cai-se facilmente em lições magistrais, em discursos que não mudam a vida, em partilhas superficiais que só fazem perder tempo.

O processo catecumenal é a metodologia ideal para o crescimento da fé nos adultos, no quadro de uma «catequese libertadora». Uma vez superadas a visão tradicionalista e as questões controversas que desvirtuam o caminho da fé, o adulto, no seu grupo de vida, vai ao encontro de Jesus Cristo, o único libertador e salvador.

Na pequenina comunidade, o adulto:

  • Descobre Jesus como único Senhor;
  • Aceita, por autocrítica, arrepender-se do mal feito;
  • Deixa-se conduzir pelo Espírito de Deus;
  • Tem presente o testemunho dos que o precederam na fé;
  • Celebra os sinais de vida, os sacramentos;
  • E vive unido na comunidade cristã (cf. Act 2, 32-47).

Assim sendo, na metodologia da Catequese de Adultos:

  • Aceita-se um serviço, com a maior flexibilidade, para corresponder às necessidades que os adultos sentem;
  • Precisa-se de um grupo para poder reflectir em profundidade, pôr?se em questão, manter vivas as motivações e perseverar no esforço inicial;
  • Insere-se na realidade, no concreto da vida, no problema que a pessoa está a viver e que deve ser avaliado à luz de Jesus Cristo e dos valores do Evangelho.
  • Uma formação que não esteja inserida nos acontecimentos não tem para o adulto qualquer interesse;
  • Não está fechada numa estrutura demasiado restrita, na medida em que o adulto vive e enriquece a sua experiência com os elementos de que dispõe e com os valores que lhe vêm do Evangelho;
  • É uma iniciação constante à vida cristã que tem dimensão religiosa, mas tem também dimensão de compromisso; o adulto rejeita uma formação que não se faça na acção e para a acção;
  • É uma catequese eminentemente profética porque é capaz de criticar o que vai mal e também apontar para um ideal, uma utopia que, uma vez adquirida, se recria com novas exigências

[divider height=”30″]